ABESC

Concreto Auto-Adensável

Fluidez, plasticidade e custos reduzidos

info_caAdeCase_img_2O Concreto Auto-adensável (CAA) apresenta grande fluidez e alta trabalhabilidade, ou seja, é um concreto muito plástico. A formulação de concretos fluidos e resistentes à segregação é uma evolução tecnológica, fruto da pesquisa aplicada ao uso de aditivos super-plastificantes e modificadores de viscosidade, combinados com alto teor de finos, sejam eles cimento Portland, adições minerais, fílers, etc.

Com a significativa redução de custos dos insumos, – aditivos utilizados, como super plastificantes e modificadores de viscosidade – bem como o avanço tecnológico e o domínio dos métodos de dosagem e preparação, o CAA ganha grande impulso junto aos construtores na execução das estruturas.

DEFINIÇÃO

info_caAde_img_1O termo concreto auto-adensável (CAA) identifica uma categoria de concreto que pode ser moldado em fôrmas preenchendo cada espaço vazio através, exclusivamente, de seu peso próprio, não necessitando de qualquer tecnologia de adensamento ou vibração externa.

A auto-adensabilidade do concreto fresco oferece uma excelente capacidade de preenchimento dos espaços vazios e o envolvimento das barras de aço, assim como outros obstáculos. Isso ocorre, exclusivamente, através da ação da força gravitacional, mantendo uma adequada homogeneidade.

Para um concreto ser considerado auto-adensável, ele deve apresentar duas propriedades fundamentais: fluidez e estabilidade. Essas características conferem ao concreto a propriedade de transpor vários obstáculos, preencher todos os espaços da fôrma e evitar a segregação e a exsudação.

A fluidez é a capacidade do concreto auto-adensável escoar preenchendo todos os espaços. Já a estabilidade, é a capacidade que o concreto auto-adensável possui para se manter coeso e homogêneo após ter fluído ao longo das fôrmas.

Dosagem e Materiais utilizados em CAA

Os materiais utilizados para a elaboração do CAA são, na prática, os mesmos utilizados nos concretos convencionais, porém com maior adição de finos, quer sejam adições minerais ou fílers e de aditivos plastificantes e modificadores de viscosidade.

O objetivo de qualquer método de dosagem é determinar a combinação adequada e econômica dos componentes do concreto com vistas a obter um concreto que possa estar próximo daquele que consiga um equilíbrio entre as várias propriedades desejadas ao menor custo possível.

Os aditivos super plastificantes permitem que se alcance alta fluidez nas misturas, já os aditivos modificadores de viscosidade oferecem aumento na estabilidade, prevenindo-se, com isso, a exsudação e segregação no concreto.

Vantagens

  • Redução do custo de aplicação por m³ de concreto
  • Garantia de excelente acabamento em concreto aparente
  • Permite bombeamento em grandes distâncias horizontais e verticais
  • Otimização de mão de obra
  • Maior rapidez na execução da obra
  • Melhoria nas condições de segurança na obra
  • Eliminação da necessidade de espalhamento e de vibração
  • Aumento nas possibilidades de trabalho com fôrmas de pequenas dimensões
  • Maior durabilidade das fôrmas
  • Antecipação nas operações de cura
  • Facilidade no nivelamento da laje

Indicações de uso

  • Fundações executadas por hélice contínua
  • Paredes, vigas e colunas
  • Parede diafragma
  • Estações de tratamento de água e esgoto
  • Reservatórios de águas e piscinas
  • Pisos, contrapisos, lajes, pilares, muros e painéis
  • Obras com acabamento em concreto aparente
  • Locais de difícil acesso
  • Peças pequenas, com muitos detalhes ou com formato não convencional onde seja difícil a utilização de vibradores
  • Fôrmas com grande concentração de ferragens

Tecnologia inovadora

O CAA é uma tecnologia inovadora que veio para ficar, pois uma vez compatibilizados, -aspectos de dosagem, elaboração e custos – não existem razões para continuar utilizando o concreto convencional. Garanta a qualidade do seu concreto consultando empresas associadas à ABESC.