ABESC

Parede Diafragma

Aplicação:

Especificação do Concreto
A ser aplicado em obras de Fundações
A ABEF, ABEG, ABESC e o SINABEF, que vêm desenvolvendo estudos técnicos sobre o concreto a ser aplicado em obras de fundações, o que será apresentado para consideração em norma da ABNT (NBR 6122/1996), orientam que se adotem as seguintes especificações:

Parede Diafragma, Estação, Barrete – Código SB30
– Relação água/cimento ≤ 0.55.
– fck ≥ 30MPa.
– Idade de Controle: 28 dias.
– Pedra 1 (9,5/25).
– Slump na nota fiscal: 220 ± 30 mm.
– Consumo mínimo de Cimento: 400 kg/m³.
– Tempo para sacar o perfil ou chapa junta: entre 4 e 6 horas após a chegada da primeira betoneira na obra (só para parede diafragma).
– % de Argamassa em massa ≥ 55 % [Massa do cimento + Massa dos agregados miúdos]
X 100 / [Massa do cimento + Massa dos agregados miúdos + Massa dos agregados graúdos].
– Exsudação máxima de 4% do volume total de água conforme a ABNT NBR 15.558.
– Podem ser usados aditivos plastificantes.
– Permitido o uso de agregados miúdos artificiais conforme a NBR 7211.
– Especificar na nota fiscal a quantidade máxima de água a ser adicionada na obra, considerando a água retida na central, mais uma estimativa de água perdida por evaporação.
– As notas fiscais de simples remessa devem ter o Código SB30.